Alimentos termogênicos – queimam calorias com sabor

Usar remédios para queimar calorias poderia ser uma boa ideia se não fosse tão danoso à saúde, como vimos rapidamente neste texto. Isso não significa que não existam métodos seguros, confiáveis e até deliciosos para que o organismo queime calorias ingerindo-se algo.

Alimentos que ajudam a eliminar gordura não só são uma realidade como estão disponíveis em supermercados e lojas especializadas. São os chamados alimentos termogênicos, que auxiliam o corpo a eliminar calorias ou durante a digestão ou durante a trilha metabólica após a absorção dos nutrientes.

Na digestão, quanto mais lenta e difícil, maior a perda calórica; durante o metabolismo, alguns nutrientes aumentam a temperatura corporal – este fenômeno é conhecido quimicamente por termogênese – facilitando a queima de gordura.

Ao contrário dos fármacos, não há milagres ou efeitos imediatos quando consome-se alimentos termogênicos. Além da incorporação de novos e mais saudáveis hábitos alimentares, é imprescindível a união com os famosos exercícios físicos.

Muitos nutricionistas, inclusive, recomendam a ingestão dos alimentos termogênicos antes das atividades físicas, graças a dois fatores importantes aliados a eles: o aumento do ânimo para a prática de exercícios e a perda eficiente da gordura durante as atividades, já que os termogênicos potencializam o gasto calórico decorrente da queima de gordura.

Mas atenção: só utilize os alimentos termogênicos como auxiliares de uma dieta para eliminação de gordura sob orientação médica e nutricional. Portadores de complicações cardíacas, hipertensas, com disfunções hormonais e que tenham propensão a ter alergias, úlceras, insônia e nervosismo devem evitar o consumo para este fim. Seja responsável pela sua saúde, antes de mais nada.

Veja alguns exemplos de alimentos termogênicos.

Gengibre: usado em chás e temperos, esta raiz é facilmente encontrada (lembrem-se das tradicionais festas juninas) e pode aumentar o gasto calórico em até 10 por cento. Bastam duas fatias pequenas por dia.

Canela: nutricionistas afirma que a especiaria tão desejada durante as Grandes Navegações faz com que a temperatura basal do corpo aumente, além de ser fonte de cálcio mineral, auxiliar comprovado no emagrecimento, e ajudar o sistema imunológico a combater diversas doenças. Não é preciso uma porção gigantesca, basta uma colher de chá diária.

Ômega 3: não é preciso ir muito longe. Pescados e diversas sementes oleaginosas, como a soja e a canola, são fontes ricas desta gordura do Ômega 3 e seus benefícios. Peixes de água gelada, como atum e salmão contêm mais ômega 3 mas a sardinha, nossa prosaica e deliciosa amiga das feiras livres também possui uma excelente quantidade da gordura. Aumenta o chamado metabolismo basal e permite que a retenção de água seja menor.

Água gelada: chega a ser tão óbvio que nem sempre é cogitado: quando ingerimos água gelada, o corpo faz com que ela atinja a temperatura ideal ao seu funcionamento interno aumentando nossa temperatura  e queimando calorias no processo. Embora mais lento do que os demais alimentos termogênicos, oito copos de água gelada (mas BEM gelada) podem fazer com que 200 calorias vão embora sem sequer dizer adeus.

Pimenta vermelha: atenção para o palavrão. Capsaicina. É esta substância presente na pimenta vermelha que ajuda na quebra de gordura principalmente naquelas camadas adiposas que nosso corpo insiste em manter como reserva, aumentando a taxa metabólica e literalmente nos queimando por dentro.

7 Benefícios do Cupuaçu

Hoje em dia a população em geral tem buscado por alimentos cada vez mais saudáveis, de forma a melhorar a qualidade de vida. E uma fruta que tem ganhado grande expressividade é o cupuaçu, uma das mais populares no Amazonas. A fruta é nativa da região e começou a ser cultivada por comunidades indígenas como fonte de alimento. Hoje, a fruta conquistou o paladar de muitas pessoas e a fruta já é utilizada em sucos, obtenção de licores, preparação de sorvetes e cremes, além de serem empregados para dar sabor a bolos, pudins, bombons e balas.

Como usar o cupuaçu?

A árvore do cupuaçu é da mesma família do cacau. É uma árvore de médio porte e com folhas longas. As flores chamam a atenção, pois são grandes e coloração vermelha intensa. Mas, o que mais chama a atenção são os frutos: grandes e redondos, apresentando casca dura e lisa, e coloração marrom escuro. Ao redor das sementes encontra-se uma polpa branca, que é processada, congelada e comercializada. As sementes também podem ser aproveitadas como fonte de gordura, enquanto da casca vem diversos itens de artesanato.

Mas, já que o cupuaçu é da família do cacau, será que é possível obter chocolate a parir dessa fruta? E a resposta é sim. O chocolate de cupuaçu, conhecido internacionalmente como cupu late, ainda traz uma grande vantagem: é fonte de teobromina, uma substância química mais saudável do que a tão famosa cafeína, presente em diversos alimentos, tais como o café e energéticos.

Uma alternativa que vem sendo empregada para minimizar a perda de frutas na região amazônica tem sido a criação de farinha de cupuaçu. A transformação da polpa em farinha mantém o valor nutricional e características como sabor e o cheiro. Além de ocupar menos espaço do que a polpa ou os frutos, a farinha é de fácil conservação, devendo apenas ser armazenada em frasco hermeticamente fechado.

O cupuaçu contribui com a dieta saudável e nutritiva, além de ser energética. A fruta é riquíssima em diversos sais minerais e fonte de importantes vitaminas.

Benefícios do consumo de cupuaçu

– Auxilia na queima da gordura corporal

– Rico em fibras e vitaminas que melhoram o processo de digestão e funcionamento do intestino

– É rico em vitamina C, melhorando o aspecto da pele

– É recomendado seu consumo como pré-treino, pois é fonte energética

– Previne o envelhecimento precoce, uma vez que possui antioxidantes, combatendo radicais livres e prevenindo inclusive diversos tipos de câncer

– Contribui para a melhoria do humor e da memória, além de reduzir o índice de colesterol

– Auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares e fortalece o sistema imunológico

Festa do Cupuaçu

A fruta cupuaçu é tão importante no Amazonas que há inclusive um evento em sua homenagem. A Festa do Cupuaçu é típica na cidade de Presidente Figueiredo, e normalmente é realizada no final de abril e/ou início de maio, pois é o período correspondente ao término da safra. A cidade recebe mais de 300 mil turistas que vão assistir às atividades culturais bem como conhecer o processo de produção do cupuaçu.

Em 2018, o evento foi realizado entre os dias 27 e 30 de abril, e contou com a participação de nomes famosos da música brasileira: Luan Santana, Zeca Pagodinho, Roberta Miranda, Alceu Valença e a dupla sertaneja Matheus & Kauan.

Paralelamente à Festa do Cupuaçu, a organização do evento aproveita o grande número de turistas para fortalecer a imagem do agronegócio, apresentando novidades do setor agrícola durante a Feira de Agronegócios. É uma oportunidade para que aqueles moradores que fazem artesanatos e/ou fazem produtos derivados da fruta possam montar estandes e comercializá-los. Essa atitude movimenta a economia da região e ainda atrai investidores.

Leia também: Xilitol – Saiba como o xilitol ajuda a emagrecer

Mitos sobre a sexualidade masculina

Um homem sempre quer, mas nem sempre. De fato, mais frequentemente tudo acontece com “exatamente o oposto”: somente os adolescentes sempre querem durante o período de hipersexualidade juvenil. Um homem adulto muitas vezes “simplesmente não quer”, já que seu desejo é influenciado por muitos fatores, incluindo seu humor, condição física e até o sucesso de seu time de futebol favorito.

macho macho

Homem Macho macho

Para “liderar” um camponês não vale nada. Isso também se aplica apenas aos adolescentes. No homem adulto, para colocá-lo cientificamente, a totalidade dos fatores psicossomáticos tem a influência predominante. E, se for mais simples, apenas sorrisos e gestos convidativos estão longe de ser suficientes.

Do “intelectual” na cama não há sentido. Especialistas dizem que quanto maior a inteligência,  maior a libido, e quanto mais ampla a gama de interesses, maior é a faixa de aceitabilidade do sexo, mais rico é o arsenal do amor. “Macho Macho” Pelo contrário, qualquer hegemon hereditário irá encontrar-lhe quase uma puta, mostrar-lhe, por exemplo, o número de corona do repertório de Monica Lewinsky.

Se ficou menos propenso a “incomodar”, significa que eu perdi o amor. Bobagem! Existe tal coisa como “constituição sexual”. É quando se quer duas vezes por dia e a outra duas vezes por mês. E se seu querido amigo assediou você todos os dias durante os primeiros meses, e agora ele está “desacelerando”, isso significa que o “fator novidade” funcionou primeiro, e agora ele foi para seu regime fisiológico natural. Ele ama você ainda.

Ele principalmente olha para o exterior. É apropriado lembrar o ditado “conheça a roupa”.Se um homem escolhe uma namorada de quem você pode se esgueirar para longe de uma festa, então ele será guiado apenas pela sua aparência. No entanto, ao fazer uma proposta para uma mulher, é improvável que um homem imagine como será seu guarda-roupa e quem irá atualizá-lo.

Como negociar sua divida pela internet?

Você sabia que o Serasa possui um plataforma online para negociação de dividas?

Até o presente momento, mais de 3 milhões de pessoas já se beneficiaram do sistema de negociação do Serasa Consumidor. Se você tem pendências com bancos e financeiras, pode usar o sistema do Serasa para negociar sua divida sem sair de casa. Veja como…

O sistema de negociação de dividas do Serasa, conta com a colaboração dos mais diversos bancos do Brasil. Assim, ao se cadastrar no sistema, você pode encontrar o seu banco credor, assim como sua divida ativa.

Antes de negociar sua divida, você deve saber que cada banco possui suas próprias diretrizes para negociação através da plataforma. A plataforma do Serasa não pode interferir na negociação, sendo apenas uma ponte entre o consumidor e o credor para aproximar ambas as partes.

Como usar o sistema de negociação?

  1. O primeiro passo é criar sua conta no portal Serasa Consumidor;
  2. Clique em consulta CPF e veja quais sãos suas dividas;
  3. Ao localizar sua divida com o banco, clique em “Ver Oferta”;
  4. Veja quais sãos as condições proposta pelo banco e analise cuidadosamente antes de aceitar. Veja o valor da proposta, juros e muitas, acréscimos e clique em simular para ver o valor das parcelas.
  5. Veja quais condições estão mais próximas da sua realidade e escolha uma.
  6. Após escolher o tipo de pagamento, confirme a negociação e clique em “gerar boleto”

Depois de gerar seu boleto, você terá o prazo de 72 horas para pagamento. Lembre-se que o não pagamento deste boleto, pode implicar no cancelamento da negociação.

Meu banco não aparece no sistema e agora?

Se você não localizou o banco onde possui divida no site, você pode fazer a consulta do seu CPF através do portal Serasa consumidor. Nesta consulta, você terá acesso aos dados do banco e pode entrar em contato ou ir direto a uma agencia para negociar sua divida.

Sintomas de gastrite: você sofre desse mal? Veja os sintomas e como tratar

Sabe aquela azia, má digestão, sensação de estômago cheio e enjoo que você de vez em quando sente? Esses podem ser sintomas de gastrite, uma inflamação da parede estomacal causada por alguns problemas, como álcool e alimentos picantes.

A parede do estômago é revestida pela mucosa gástrica, uma camada de tecido que tem a função de proteger o órgão da acidez excessiva. A gastrite tanto pode ser aguda, quando surge de repente e dura pouco tempo, ou crônica, quando dura meses ou até anos.

Neste artigo você vai conhecer os sintomas de gastrite e quais os melhores tratamentos para essa inflamação. Acompanhe!

O que é gastrite?

Gastrite é o nome que se dá a uma inflamação, erosão ou infecção da parede do estômago. Os sucos digestivos produzidos pelo estômago danificam o tecido que o protege devido aos seguintes fatores:

  • infecção pela bactéria Helicobacter Pylori;
  • alcoolismo;
  • cigarro;
  • uso excessivo de anti-inflamatórios;
  • doses altas de aspirina;
  • alimentos picantes;
  • doença autoimune;
  • intoxicação alimentar.

Estresse, consumo de café, refrigerante e frutas cítricas (laranja e limão) também podem agravar o quadro de gastrite.

A Helicobacter Pylori (H. pylori) é uma bactéria que, segundo estudos, é contraída por meio da má higiene pessoal, podendo sobreviver ao ambiente mais hostil de nosso estômago: uma área com pH inferior a 4, extremamente ácida. Portanto, nunca deixe de lavar as mãos e cuidado com a água e os alimentos que consome.

Sintomas de gastrite

Apesar de muitas vezes passar despercebida, os sintomas de gastrite podem ser associados a dispepsia funcional, mas não quer dizer necessariamente que um problema está ligado ao outro.

A dispepsia funcional compreende vários problemas estomacais, cujos sintomas podem estar presentes ou não na gastrite.

O sintoma mais comum é uma queimação na boca do estômago, além de:

  • azia;
  • má digestão;
  • saciedade precoce;
  • excesso de arrotos;
  • dor no estômago;
  • náuseas e vômitos;
  • sensação de estômago distendido;
  • sensação de plenitude após refeições.

Como mencionado, esses sintomas podem se referir a dispepsia funcional, principalmente em casos de estresse ou ansiedade. Contudo, somente a presença de uma inflamação na parede do estômago poderá confirmar a gastrite.

Tratamento de gastrite

Os sintomas de gastrite costumam ser reduzidos, levando o paciente a uma rápida recuperação, caso o tratamento seja iniciado de imediato. Já se a inflamação demorar a ser tratada as consequências tendem a piorar, levando ao sangramento ou câncer estomacal.

Uma das primeiras formas de cuidar da gastrite é evitando suas causas, como:

  • bebidas alcoólicas;
  • frituras e qualquer alimento que causa irritação ao estômago;
  • comer muito;
  • fumar;
  • drogas.

Existem alguns remédios que diminuem a acidez no estômago e reduzem os sintomas de gastrite, como antiácidos, omeprazol, lansoprazol, pantoprazol, rabeprazol, antagonistas H2 e antibióticos (se a causa for infecção pela bactéria Helicobacter Pylori, na gastrite crônica).

Em todo caso, é importante procurar um médico antes de tomar qualquer medicamento que prometa reduzir os sintomas de gastrite, com o objetivo de saber a duração do tratamento e qual a dose certa. Somente um exame de biópsia do estômago é capaz de identificar com precisão a presença de inflamação na mucosa.

Portanto, nunca se automedique nem interrompa o medicamento sem antes consultar o médico.

Como viajar para os Estados Unidos?

Que os Estados Unidos são um destino dos sonhos de muita gente não é novidade. E hoje em dia a ideia de conhecer outros países, outras culturas, está cada vez mais acessível e frequente nos planos das famílias brasileiras. Os Estados Unidos é um dos países mais desejados e frequentados na lista de viagens do brasileiro. Afinal, quem é que não quer conhecer a Disney, Miami, Las Vegas e tantos outros atrativos que o país possui, não é mesmo?

Como viajar para os Estados Unidos

Sendo assim, vamos mostrar para você como viajar para os Estados Unidos e te ajudar a organizar tudo que é preciso para conhecer a terra do tio Sam sem nenhum problema e imprevistos durante a sua viagem!

Documentos necessários para viajar para os Estados Unidos

O número de brasileiros que viajam para os Estados Unidos aumenta a cada ano, com isso, o país vem facilitando a entrada de brasileiros e a emissão do visto americano que é um dos documentos imprescindíveis para a entrada no país. Então vamos entender tudo que é preciso para a sua viagem ao Estados Unidos!

Passaporte e visto americano

O passaporte é o primeiro passo para quem deseja fazer uma viagem internacional, é fácil e rápido para tirar também. O valor atual para emissão de passaporte é de R$257,25 lembrando que esse valor pode sofrer alterações de acordo com as diretrizes da Polícia Federal.

Com o passaporte em mãos, vem o segundo passo de como viajar para os Estados Unidos, que é conseguir o visto americano.

O visto é fundamental para qualquer pessoa que deseja viajar para os Estados Unidos. Sem o visto é impossível entrar no país. Inclusive é necessário até para quem vai fazer apenas uma conexão em qualquer aeroporto do país.

Há diversos tipos de vistos, mas os mais comuns são o visto de turismo, de estudante ou de negócios. Para tirar o visto é necessário primeiramente preencher o formulário DS-160 e logo após pagar a taxa de 160 dólares que dá em média R$600,00 na cotação atual. Com o comprovante de pagamento e o código do formulário você deverá marcar uma entrevista no consulado. Para a entrevista não existe “segredo” ou roteiro das perguntas que serão feitas, mas normalmente é bem objetiva e rápida. Se o visto for aprovado, o prazo é em média de 7 dias para entrega. Já se o seu visto for negado, depois de uma semana você poderá solicitá-lo de novo. Mas atenção, caso isso aconteça, você terá que pagar a taxa de 160 dólares novamente. Sendo assim, basta seguir todos os passos para solicitação do visto americano e aguardar o retorno do consulado.

Dicas

Agora que você já sabe como viajar para os Estados Unidos, uma dica importante é se atentar e não esquecer de fazer o seu seguro viagem! Os Estados Unidos têm diversão de sobra e muitos atrativos como: Shoppings, praias, parques, belezas naturais e muitos outros, por isso é fundamental ter um seguro viagem e ficar tranquilo em relação a qualquer imprevisto que a gente sempre espera que não aconteça, mas se acontecer você estará seguro, além de proporcionar mais conforto e segurança para você e sua família durante a viagem.

Guia completo de como fazer ovo de colher caseiro

O ano mal começou, mas você já está pensando em como lucrar na Páscoa? Então saiba que uma boa ideia é fazer ovo de colher caseiro para vender. Apesar de ser um pouquinho complicado no começo, fazer ovos de Páscoa não é nenhum mistério.

Você só precisa conhecer as dicas certas e ter alguns cuidados. Afinal, com os ovos tradicionais ficando cada vez mais caros, as pessoas estão mesmo buscando outra solução para não deixar de presentear seus amigos. E o ovo de colher é uma excelente sugestão.

Pensando nisso, preparamos esse artigo para você com o passo a passo de como fazer ovo de colher caseiro. Acredite: não é nenhum bicho de sete cabeças. Confira nosso tutorial e boa leitura!

Passo a passo de como fazer ovo de colher caseiro

Como fazer ovo de colher caseiro?

Você pode utilizar uma barra de um quilo de chocolate meio amargo, ao leite ou branco. Isso fica a seu critério. Apenas lembre-se de escolher um chocolate de boa qualidade. Cada quilo de chocolate deve render cerca de 4 ovos de 250g.

Você pode usar uma forma com quatro cavidades de ovos ou, se preferir, quatro formas de plástico de 250g para ovos de Páscoa. Escolha o que for melhor para você e que atenda suas necessidades. Não esqueça da embalagem para Ovo de Colher, para coloca-lós após a produção.


Como começar o ovo de colher caseiro?

O primeiro passo é picar todo o chocolate, em quadrados grandes para poder derreter. Não precisa raspar o chocolate ou cortar em pedaços muito pequenos. Depois de picado, você deve derreter o chocolate.

Para cada um quilo de chocolate, você leva ao micro-ondas durante três minutos em potência alta. Depois que você retirar do micro-ondas, você vai perceber que metade saiu derretido e a outra metade em pedaços. Não se preocupe.

Como as paredes do recipiente estarão quentes, haverá calor suficiente para derreter o restante do chocolate. Basta que você mexa até que todo o chocolate fique derretido.

Se depois que você mexer, ainda ficar pedacinhos, volte para o micro-ondas por 30 segundos. Repita o processo até todo o chocolate estar completamente derretido. Depois disso, você deve temperá-lo, dando um choque-térmico.


Como temperar o chocolate do ovo de colher?

Temperar bem o chocolate fará com que a moldagem seja mais fácil e permite que o chocolate derretido endureça sem manchas. Com a técnica do freezer, você faz esse processo rapidamente.

Primeiro, você vai bater o recipiente onde o chocolate está em uma superfície plana para que todo o ar saia. Assim, o seu ovo de colher não ficará com furos. Coloque a forma na vertical e espalhe o chocolate, girando a forma de um lado para o outro para que ele se espalhe totalmente.

Leve o chocolate para o congelador ou freezer e deixe por cinco minutos ou até que ele endureça totalmente. Quando ele endurecer, você vai perceber que as laterais ficaram mais finas.

Usando as costas de uma colher, você vai preencher essas laterais com chocolate derretido. Tire o excesso e leve novamente para gelar.

Como rechear o ovo de colher caseiro?

Agora é hora de usar a imaginação e rechear o seu ovo de colher. Deixe-o bem recheado, colocando uma camada generosa no centro e deixando um pouco menos nos lados. O sabor você escolhe.

Os mais tradicionais são de brigadeiro, paçoca, prestígio, churros, nutella e beijinho. Mas você pode rechear o seu ovo do que você quiser, de acordo com sua preferência. Abaixo você confere uma receita para fazer o recheio do seu ovo de colher de brigadeiro.

Modo de fazer o recheio de brigadeiro do ovo de colher

Misture o leite condensado, a manteiga, o creme de leite e o chocolate em pó em uma panela. Leve ao fogo e mexa bem até começar a ferver.

Apague o fogo e deixe esfriando. Despeje o recheio nas duas metades da forma do ovo de colher já desenformado. Cubra o recheio com granulado ou com Ovomaltine antes de fechar o ovo. E pronto!

 

Viu só como é simples fazer ovo de colher? Use sua imaginação para rechear os seus ovos e aproveite a Páscoa para ganhar um dinheirinho extra. Até mais!

Oeste Saúde: conheça Oeste Saúde e suas vantagens

A Oeste Saúde é uma prestadora de serviços de Presidente Prudente/SP, fundada em 1997 com o objetivo de oferecer serviço médico-hospitalar a população.

A organização se preocupa, desde então, a conquistar o espaço no segmento da saúde suplementar, e assim, garantindo o bem-estar dos seus beneficiários.

Além disso, possui ampla rede de credenciados com Hospitais, Laboratórios, especialidades médicas e outros, disponibilizando também diferentes planos de saúde que combinam com o perfil de cada usuário.

Conheça esses planos da Oeste Saúde e as vantagens oferecidas por essa organização. Acompanhe este artigo!

Oeste Saúde

Conheça os planos da Oeste Saúde

Existem quatro modelos de planos de saúde para essa empresa, e todas com cobertura ambulatorial, hospitalar com obstetrícia e abrangência em várias cidades regionais. Os planos da Oeste Saúde são:

  • Plano Individual – Indicado para uma só pessoa que deseja um futuro saudável;
  • Plano Familiar – Para toda a família, podendo ser adquirida pelo casal, com ou sem filho;
  • Plano Universitário – Para alunos de faculdades, cursos profissionalizantes, técnicos e pós-graduação;
  • Plano Empresarial – Voltado para as empresas que buscam o melhor atendimento médico-hospitalar para seus colaboradores, com adesão mínima de 5 usuários;
  • Plano Coletivo por Adesão – Indicado para sindicatos, entidades de classe, associações e conselhos profissionais, com valores inferiores àqueles praticados nos planos Individual e Familiar para que haja maiores benefícios aos seus associados. Adesão de no mínimo 5 usuários.

Vantagens da Oeste Saúde

Uma das vantagens desse plano de saúde você acabou de conhecer, que é a variedade de planos que pode satisfazer as necessidades de um cliente ou grupo. Veja outros benefícios de contratar a Oeste Saúde:

  • Conveniado a ABRAMGE (Associação Brasileira de Medicina), que garante atendimento de urgência e emergência em todo país;
  • Tem, somente em São Paulo, 5 postos de atendimento;
  • Possui ampla rede credenciada com clínicas, hospitais, laboratórios, várias especialidades médicas e serviços de diagnóstico por imagem.

Especialidades

  • Alergologia;
  • Cardiologia;
  • Clínico Geral;
  • Cirurgia Geral;
  • Dermatologia;
  • Gastrenterologia;
  • Geriatria;
  • Ginecologia;
  • Hematologia;
  • Neurologia;
  • Oncologia;
  • Ortopedia;
  • Otorrinolaringologia;
  • Pediatria;
  • Pneumologia;
  • Psiquiatra;
  • Reumatologia;
  • Urologia;

Por que contratar um plano de saúde?

Em meio à crise na saúde pública, é natural a preocupação com um atendimento médico, sendo urgente ou não, ainda mais se levarmos em conta que os valores pagos no particular são bem mais altos.

Talvez você tenha pensado em investir na poupança para que, futuramente, você tenha uma quantia relevante para cuidar da saúde de quem mais precisa. No entanto, poupança não é um grande investimento, fora que não é uma garantia certa para o seu futuro.

Por isso, um plano de saúde se torna sempre uma ótima solução, porque além de você pagar um valor mais acessível, a depender de suas necessidades, você ainda conta com benefícios exclusivos, o que inclui assistência 24 horas.

E se esse plano for a Oeste Saúde melhor ainda! Planos variados, ampla rede credenciada e diversas especialidades a seu dispor. Não espere mais. Faça uma cotação e contrate agora!

Cartão de Crédito: Qual é a melhor bandeira de cartão de crédito?

Que o cartão de crédito é um meio essencial de pagamento nos dias de hoje, todo mundo sabe, quem não adora aproveitar o fluxo financeiro do cartão de crédito com o pagamento de todos os gastos em único dia do mês, ou então poder parcelar as compras sem pagamento de juros, utilizar a pontuação do programa de milhagem para viajar ou trocar por produtos? Além de aproveitar também os diferentes descontos e vantagens disponibilizados pelas administradoras do cartão de crédito.

Na hora de escolher um cartão de crédito, muitas pessoas se preocupam bastante em escolher bem o banco ou administradora do cartão de crédito que oferecem os melhores benefícios, seja através dos programas de milhagem, isenção de anuidade, descontos em compras entre outros aspectos.

Cartão de Crédito Qual é a melhor bandeira de cartão de crédito

Bandeira X Administradora do Cartão de Crédito

Sabia, porém que além da administradora do cartão de crédito é importante também se atentar a bandeira do cartão que você irá escolher? A bandeira irá fazer total diferença entre os estabelecimentos que irão aceitar o seu meio de pagamento, isso impacta bastante principalmente em viagens ao exterior já que nem todas as bandeiras possuem presença mundial e você pode acabar indo viajar com um cartão que não é amplamente aceito.

As principais Bandeiras de Cartão de Crédito presentes no mercado nacional são:

  • VISA
  • MASTERCARD
  • American Express
  • Hipercard
  • ELO
  • Diners Club International

A grande diferença entre as administradoras de cartão de crédito são basicamente os estabelecimentos aceitos, a rede mundial ou nacional de atendimento, além de algumas características do cartão relacionados a bandeira, como por exemplo prazo para pagamento da fatura, central de atendimento, procedimentos de segurança, benefícios ao portador do cartão de crédito entre outros.

Outra diferenciação também esta relacionado ao perfil de cliente que buscam atender, podemos citar como exemplo a American Expressa, que é conhecida mundialmente como uma Bandeira de cartão de crédito “Premium” onde exigem inclusive comprovação de rendas mínimas elevadas para ter a possibilidade de contratação do cartão, em troca oferecem benefícios de luxo e atendimento diferenciado.

Em contrapartida temos por exemplo a Hipercard, que tem um foco maior no publico de baixa renda, com menores benefícios em programas de milhagem, mas um apelo maior em relação ao baixas tarifas de manutenção do cartão de crédito e apelo de crediário, com possibilidade de prazos maiores para os pagamentos de faturas.

Visa e Mastercard

No mercado brasileiro e mundial atual, a Visa e Mastercard sem duvida são as bandeiras mais comercializadas em com maior aceitação na maioria dos estabelecimentos, a grande vantagem é que normalmente o estabelecimento que aceita a bandeira VISA também aceita Mastercard, isso vale também para o exterior, ambas dominam o mercado mundial em rede de estabelecimentos e quantidade de cartões.

Com certeza a chance de você ter problemas relacionados a não aceitação de cartão de crédito portando um cartão VISA ou Master é muito pequena, além disso a rede de atendimento e benefícios dessas duas bandeiras é muito grande e difundida por todo o mundo, com certeza a contratação de um cartão dessas duas bandeiras é o mais garantido.

Imunidade baixa: Sinais de que a sua imunidade está baixa e como aumentar de forma natural

A imunidade baixa é um problema relacionado à saúde que muitos brasileiros sofrem, principalmente crianças e idosos, ela por si só não é considerada uma doença, mas pode facilitar que você acabe doente de outras formas, por isso é importante descobrir quando a sua imunidade está baixa e também o que fazer nesses casos para melhorar.

O sistema imunológico funciona como nosso protetor, ele é o responsável por garantir que nosso organismo não seja atacado por elementos que causem doenças, como fungos, bactérias e vírus. Ter uma imunidade baixa representa ter nosso corpo desprotegido e com isso, é muito mais fácil ficar doente com frequência.

Imunidade baixa Sinais de que a sua imunidade está baixa e como aumentar de forma natural

1 – Como saber que estou com a imunidade baixa?

Diversos fatores podem indicar que você está com a imunidade baixa, o mais comum é a repetição das mesmas queixas. Pessoas com o sistema imunológico fraco tendem a ter os mesmos problemas de saúde várias vezes durante o ano, esse é o principal indício de imunidade baixa. As doenças mais comuns de serem contraídas devido a isso são:

  • Inflamação na garganta
  • Resfriados
  • Febres constantes
  • Pequenas manchas vermelhas na pele
  • Cansaço em excesso
  • Diarreia e vômito constantes

Mesmo que pareçam problemas simples, que são fáceis de serem resolvidos, a repetição desses incômodos pode, além é claro de ser muito desagradável, também se transformar em algo pior, como uma úlcera em pessoas que tem diarreias constantes, uma infecção na garganta ou até mesmo, machucados com secreções e escaras na pele.

2 – O que causa imunidade baixa?

A imunidade baixa está diretamente relacionada com a falta dos nutrientes necessários para seu organismo, desde vitaminas, proteínas, sódio, ferro, até mesmo uma porcentagem de gordura deve ser inserida na sua dieta para que seu sistema imunológico esteja forte para proteger o seu corpo.

Com isso é fácil presumir alguns hábitos dos brasileiros que auxiliam a uma queda da imunidade, como por exemplo o sedentarismo, obesidade, anemia, desequilíbrio na dieta, consumo exagerado de bebidas alcoólicas.

É fácil observar o efeito da imunidade baixa no seu corpo, depois de uma festa onde você bebeu muito, no outro dia seu corpo vai sofrer com dores de cabeça, intestinais e várias idas ao banheiro, isso acontece devido à falta de açúcar no seu sangue, que deixa seu organismo fraco e com a imunidade baixa, mesmo nesse caso a recuperação sendo rápida, é um bom exemplo de como o sistema imunológico faz a diferença na nossa vida.

3 – Quais alimentos ajudam a aumentar minha imunidade?

 

Como já mencionamos, uma dieta equilibrada é fundamental para manter o sistema imunológico do seu corpo trabalhando bem. Para isso você precisa consumir doses diárias de alimentos ricos em vitaminas, minerais, ferro, colágeno, proteínas e outros nutrientes que colaboram para te deixar mais forte e saudável.

As frutas e verduras são ótimos exemplos de alimentos com muitas vitaminas e proteínas para o seu corpo, o iogurte contém colágeno que auxilia na proteção da sua pele, peixes contém ômega 3 que reduzem inflamações, mas principalmente, o consumo de água é importante para manter seu organismo sempre hidratado, isso vai ajudar muito o seu sistema imunológico para sempre se manter forte para te proteger de qualquer perigo.